A nova vida em Cristo (Efésios 2.1-10)

Introdução: O apostolo Paulo ao dirigir-se aos Efésios no capitulo 2,  leva-os a uma avaliação de tudo o que estão vivendo, pois o evangelho já havia sido lhes pregado e penetrado os seus corações.

Então Paulo começa a destacar alguns pontos importantes na trajetória de vida dos efésios, a começar pelo passado e avançando para o presente e futuro de suas vidas, mostrando desta forma a atuação progressiva da graça de Deus nas suas vidas. Vejamos:

A realidade do nosso passado e das pessoas que não tem Deus.

Paulo relata o estado em que nos encontrávamos antes de conhecer a Cristo. Estávamos mortos em nossos pecados e delitos (transgressões) Rm. 6:23 diz que o salário do pecado é a morte, e esta é a realidade das pessoas que ainda não encontraram a Cristo, estão mortas, afastadas de Deus, pois este é o pagamento recebido pelo pecado.

Vivíamos também conforme o curso deste mundo, dominados pelas trevas, cativos de um principado de desobediência. Pois naquele tempo Paulo já identificava uma atuação espiritual para levar as pessoas a desobedecerem a Deus. Eram induzidos ao erro por estarem dominados por esta força espiritual.

Em Mateus 12:24 identificamos no texto que existe um príncipe sobre os demônios, este se chama belzebu, o próprio satanás e por não ser onipresente, não pode estar em mais de um lugar ao mesmo tempo, ele opera por uma rede de demônios, que são espíritos malignos sob seu comando e infelizmente também nos filhos da desobediência que são aqueles que ainda não se renderam a Cristo.

Paulo conclui com a seguinte afirmação: “Nós também éramos assim”.

A realidade do nosso presente transforma o que esta em nosso entorno.

O grande efeito desta mudança é que agora passamos a ter vida. Antes mortos, agora pela misericórdia e amor de Deus recebemos a vida. Isto não ocorre por nossos méritos, mas pela graça, imensa graça de Deus sobre nós. O favor de Deus chegando até nós e “nós o aceitando”. Graça é igual a favor imerecido, a salvação é um presente de Deus a nós. Não alcançamos a salvação por obra alguma, mas por arrependimento de uma vida de desobediência.

Esta transformação ocorre porque ressuscitamos com Cristo, ou seja, saímos de uma atmosfera de morte (separados de Deus), para estarmos agora assentados com Cristo nos lugares altos, lugares celestiais. Deus nos oportunizou a estarmos com Cristo nas alturas – É uma vida totalmente diferente, envolvida por outra atmosfera e quem esta em nosso entorno identifica isso. Os que estão convivendo conosco, aqueles que nos rodeiam começam a identificar a bondade de Deus sobre nós (v.7).

O nosso futuro é o resultado do nosso presente.

A nossa salvação é pela graça de Deus mediante a fé doada por Deus, não é algo nosso mas, é dom de Deus. Eu não preciso ter fé para aceitar a salvação, eu só preciso querer ser salvo. A fé ela é acrescentada pois é um presente de Deus. È dom de Deus (v.8).

Quando eu decido não decido por uma emoção, mas porque entendi que Deus me ama e quer me salvar – 1ª Tm. 2:4 “Deus deseja que todos os homens sejam salvos”. Se alguém me oferece um presente preciso ter fé para recebê-lo?

Quando eu decido recebo uma semente de fé, e esta semente vai se desenvolvendo para que eu possa aprender mais da plenitude de Deus ao meu favor. Aprender como Deus se relaciona com seus filhos, pois se o aceitei me tornei filho. O resultado prático de tudo isso em nossas vidas é que a gora começamos  a produzir as boas obras ao qual Deus já esperava que as fizéssemos, pois é isto que está no propósito de Deus para com nossas vidas.

E a principal boa obra que Deus espera que façamos é a de manifestar o que Deus tem realizado em nós, depois que decidimos servir a Ele.

“Uma Esmola pode ajudar alguém por um momento, mas uma oração pode ajudar alguém para o resta da vida dela”.

Este é o futuro que Deus reservou para nós, mostrar nas eras futuras a incomparável riqueza da sua graça em Cristo Jesus.

Conclusão: O meu passado ficou para traz, Cristo me libertou e me reconciliou com Ele e no presente estou assentado nas alturas, desfrutando de sua incomparável riqueza, e para que ali adiante num futuro bem perto todos possam desfrutar do mesmo presente que tenho recebido de Deus pela minha decisão de ter Ele como o meu Deus e meu Senhor.

Se você deseja esta nova vida, esta é a trajetória de quem decide viver nesta nova vida, uma vida de superação do que lá atrás resultou em morte, mas que no presente pela decisão em Cristo é vida.

José Carlos, pr

fonte: http://comunidadesemear.org/index.php?option=com_content&view=article&id=151:a-nova-vida-em-cristo-efesios-21-10-palavra-celula&catid=3:celula&Itemid=15

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s