40 dias de jejum e oração pelas famílias

Devocional Dia 4

Tema: A Família Inabalável

 

A intimidade no Casamento

 

Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne (Gênesis 2.24).

Já falamos sobre a importância de o novo casal deixar a casa paterna, e hoje veremos o segundo princípio descrito neste texto, “e se unirá à sua mulher”, que se refere à intimidade no relacionamento conjugal.

Os dois deixam os seus pais, e agora dentro desta nova unidade familiar, sob a bênção de seus pais, da igreja e testemunho da sociedade, têm a união legítima dos corpos.

Deus preparou a relação sexual para o casamento, por isso é que a Bíblia é contra a prática sexual fora do casamento.

Vivemos uma época semelhante ao tempo das cidades de Sodoma e Gomorra, descritas no livro de Gênesis.

Disse-lhe, pois, o Senhor: “As acusações contra Sodoma e Gomorra são tantas e o seu pecado é tão grave que descerei para ver se o que eles têm feito corresponde ao que tenho ouvido. Se não, eu saberei” (Gênesis 18.20-21).

Há uma grande e crescente libertinagem sexual no mundo atual. Adolescentes e jovens se entregam a relações sexuais sem terem consciência do mal que estão praticando.

Os pais perderam o controle dos seus filhos, e estes se entregam a relacionamentos sexuais, até com pessoas que nunca conheceram. As doenças sexualmente transmissíveis (DST) estão se alastrando no meio da juventude. Há um misto de drogas, sexo e libertinagem que a sociedade não está conseguindo conter.

Mas no meio desta geração pervertida e corrupta ainda há aqueles que brilham como luzeiros no mundo e têm consciência de que o sexo é para o casamento.

Deus criou o relacionamento sexual para duas coisas:

  1. Demonstração física do amor.

O relacionamento sexual é a demonstração física de que os dois se amam, e são parte um do outro. Portanto, a relação sexual não deve ser egoísta, simplesmente para a satisfação de desejos ou necessidades pessoais. Os dois devem ter em mente o desejo de satisfazer o outro, e naturalmente os dois ficarão satisfeitos e felizes.

O diabo é especialista em deturpar as coisas que Deus criou e tenta as pessoas a experimentarem o sexo fora do casamento. Precisamos estar conscientes dos problemas graves que surgem em uma relação sexual ilícita.

O sexo fora do casamento produz culpa, traumas, marcas, e muitos outros problemas que somente Jesus Cristo pode solucionar. A relação sexual legítima deve ser com amor verdadeiro e não por prazer egoísta e momentâneo.

Deus abençoa a relação sexual legítima: O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros (Hebreus 13.4).

  1. Procriação

Um dos resultados do relacionamento sexual é a gravidez, que é uma bênção de Deus. A Bíblia diz: Os filhos são herança do Senhor, uma recompensa que ele dá (Salmos 127.3). O nascimento dos filhos também é uma confirmação da aprovação divina sobre a nova unidade familiar. Esse é o modo como Deus mantém a vida humana em sociedade. A criança que nasceu logo crescerá e formará também sua unidade familiar, assim o ser humano cumpre o mandamento de Deus de se multiplicar e encher a terra (Gênesis 1.28).

Vivemos em uma época em que os valores bíblicos são colocados em segundo plano, e o que importa, para alguns, é a satisfação de seus desejos e prazeres egoístas. Mas Deus está levantando uma nova geração de pessoas que vivem conforme os princípios estabelecidos por Deus, e são muito mais felizes e abençoadas do que aquelas pessoas que deliberadamente decidiram viver em pecado.

Se você vive na prática do pecado, é tempo de arrepender-se, entregar sua vida a Cristo. Ele perdoa, transforma e liberta.

O pecado, além de trazer culpa, traz consigo a condenação. Haverá um dia em que todos comparecerão diante de Deus no juízo final. Você pode ter salvação, perdão e vida eterna, arrependendo-se de sua vida de pecado e entregando-se a Cristo, recebendo-o como seu Senhor e Salvador. Tome esta decisão agora, fazendo esta oração:

Senhor Jesus, reconheço minha vida de pecado e peço o teu perdão. Eu creio que o Senhor morreu na cruz no meu lugar. Agora eu abro a porta do meu coração e te convido para entrar em minha vida, libertar-me e transformar-me. Eu quero viver no centro da tua vontade, por isso te entrego tudo. Em teu nome eu oro. Amém.

 

 

Ore por você:

  1. Para que o ato sexual seja uma entrega, uma expressão de amor dentro do casamento.
  2. Para que Deus o capacite a amar como Cristo amou a igreja e se entregou por ela.
  3. Para que seu testemunho nessa área traga saúde e prosperidade emocional na vida dos seus filhos.
  4. Acrescente aqui seus pedidos pessoais…

Ore pela Igreja:

  1. Pela Igreja Batista em Passo Fundo.
  2. Pelos casais para que possam desfrutar por completo das bênçãos que Deus preparou através do matrimônio.
  3. Pelos jovens para que possam entender a vontade de Deus para sua vida, e manter uma vida de pureza, conservando-se até o casamento.
  4. Pelos adolescentes para que não sejam seduzidos pelo engano e pelas tentações.
  5. Pelos pais para que tenham sabedoria de Deus para orientar os filhos

Versículo para memorizar:

Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros (Hebreus 13. 4).

 

IGREJA BATISTA INDEPENDENTE

Passo Fundo – RS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s