40 dias de jejum e oração a favor das famílias

Devocional Dia 2

Tema: A Família Inabalável

“Não é bom que o homem esteja só”

Gênesis 2.18-24:

  1. Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele al­guém que o auxilie e lhe corresponda”.
  2. De­pois que formou da terra todos os animais do campo e todas as aves do céu, o Senhor Deus os trouxe ao homem para ver como este lhes chamaria; e o nome que o homem desse a cada ser vivo, esse seria o seu nome.
  3. As­sim o homem deu nomes a todos os rebanhos domésticos, às aves do céu e a todos os animais selvagens. Todavia não se encontrou para o homem alguém que o auxiliasse e lhe correspondesse.
  4. Então o Senhor Deus fez o homem cair em profundo sono e, enquanto este dormia, tirou-lhe uma das costelas, fechando o lugar com carne.
  5. Com a costela que havia tirado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher e a levou até ele.
  6. Disse então o homem: “Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada”.
  7. Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.

A Trindade, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, é um modelo de relacionamento. Em essência, as três pessoas formam um só Deus. O ser humano recebeu a imagem e semelhança de Deus, portanto, necessita também desenvolver relacionamentos assim como Pai, Filho e Espírito Santo se relacionam na Trindade. Por isso Deus afirmou: “Não é bom que o homem esteja só”.

Além de se relacionar com outros seres humanos, o contexto citado mostra que Deus estava se referindo ao homem ter uma esposa para se relacionar.

Deus proporcionou muita inteligência a Adão e a faculdade de colocar nomes em todos os animais. Isto fez que ele conhecesse profundamente a fauna e notasse os gêneros, macho e fêmea em cada um. Porém para ele mesmo, não havia ainda alguém que fosse sua fêmea.

Deus então deu uma “anestesia” em Adão e tirou uma das suas costelas e formou a mulher e a entregou a ele.

  1. Deus criou a mulher para Adão:

O versículo 22 diz que Deus a levou até ele. Isto indica a importância da formação de uma família. Deus criou Eva para Adão. Pessoalmente, creio que Deus, em sua soberania e sabedoria, tem uma mulher para cada homem. Você pode notar isto no equilíbrio da humanidade entre homens e mulheres. Há pouca diferença nos números.

O Anuário Demográfico das Nações Unidas apresenta os seguintes números na estatística de 2013:

Total da população mundial: 7.162.000.000

Total da população de homens: 3.610.000.000

Total da população de mulheres: 3.552.000.000

Anuário Demográfico das Nações Unidas (United Nations Demographi Yearbook), p. 49.

Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só, farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda” (Gênesis 2.18).

Deus providenciou a mulher para se relacionar com o homem. Notem que Deus disse: “alguém que o auxilie e lhe corresponda”. Isto não mostra uma posição de inferioridade, mas um suprimento mútuo das necessidades sociais. Os dois, homem e mulher, têm a mesma imagem e semelhança de Deus. Portanto, o relacionamento de marido e esposa deve seguir o modelo da Trindade:

  1. Relacionamento Harmônico.

Na Trindade, os três executam suas funções com toda harmonia e entendimento. Eu gosto do texto que diz: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. O plural “façamos” mostra a funcionalidade do relacionamento entre os três. Um dos alvos para cada família é que ela consiga também uma convivência em harmonia e entendimento.

  1. Relacionamento Interdependente.

A Bíblia mostra que as três pessoas da Trindade têm atividades e funções diferentes, mas sempre operam dentro de uma interdependência. Jesus disse: “Meu pai trabalha e eu trabalho também” (João 5.17). No casamento, também temos atividades e funções diferentes, mas devemos reconhecer que somos interdependentes e necessitamos um do outro.

  1. Relacionamento Indissolúvel.

Assim como a Trindade nunca poderá ser dissolvida, o casamento também não. Deus disse que “Serão ambos uma só carne” (Gênesis 2.24).

O nosso Deus em graça e misericórdia nos orienta a vivermos em sociedade, e o casamento é a base fundamental dessa vida social. Nunca permita que pressões internas ou externas tirem a harmonia, interdependência e indissolubilidade do seu casamento.

Ore por você:

  1. Para que você possa valorizar mais a convivência que tem em família.
  2. Para que Cristo seja conhecido por meio de sua vida e o seu amor alcance os seus familiares.
  3. Que sua casa possa ser um abrigo contra o vento e um refúgio na tempestade para quem está só e sem esperança.
  4. Acrescente aqui seus pedidos pessoais…

Ore pela Igreja:

1 – Pela Igreja Batista em Passo Fundo.

2 – Pela Secretaria de Missões da CIBI.

3 – Pelos campos Missionários no Brasil e no exterior.

4 – Pelos missionários e suas famílias.

Versículo Para Memorizar:

“Estão o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda” (Gênesis 2.18).

 

IGREJA BATISTA INDEPENDENTE

Passo Fundo – RS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s