GANHAR OU PERDER?

Lucas 12. 16 a 21:

12.16   E lhes proferiu ainda uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produziu com abundância.

12.17   E pensava consigo mesmo, dizendo: Que farei, pois não tenho onde recolher os meus frutos?

12.18   E disse: Farei isto: destruirei os meus celeiros, reconstruí-los-ei maiores e aí recolherei todo o meu produto e todos os meus bens.

12.19   Então, direi à minha alma: tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e alegra-te.

12.20   Mas Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado para quem será?

12.21   Assim acontece ao que ajunta tesouros apenas para si mesmo, mas não é rico para com Deus.

Vamos considerar a influencia que essas palavras exercem na vida das pessoas. São dois verbos conjugados diariamente por todos. Ás vezes se ganha outras vezes se perde.

Ganhar, porém para muitos é um fator determinante, e para alguns até vital. Há um desejo incontrolável no ser humano por ter mais, alcançar mais, conquistar mais, ganhar mais.

Os pensamentos são concentrados em como ganhar, a imaginação vaga sem limites em busca de possibilidades de ganho. Os sonhos são projetados a partir do quanto se vai ganhar.

O presente e o futuro dependem disso. Uma escolha profissional é baseada em quanto se vai ganhar. Até casamentos são escolhidos levando em consideração quanto se vai ganhar com isso. A responsabilidade moral e ética é adaptada de tal maneira que favoreça o ganhar a qualquer preço.

E no final de cada dia se faz um balanço para contabilizar os ganhos, nunca as perdas. A verdade é que ninguém quer sair perdendo. Nem mesmo no esporte é admitida à derrota. O grande risco é que ás vezes na expectativa de ganhar se perde e muito.

Na busca insaciável por bens materiais, alguns perdem a família, ou perdem a oportunidade de desfrutar do convívio com os filhos, trocam valores incalculáveis por bens passageiros. Outros por não conseguir realizar seus desejos de ganhos, caem na frustração, no desespero, e se perdem na desilusão de suas conquistas.

Há uma inversão de valores. Na busca pelo material as pessoas deixam de lado o espiritual, a família, os amigos, e até a oportunidade de servir e ajudar a alguém.

Em uma de suas parábolas Jesus Cristo cita o exemplo de um homem que passou a vida inteira trabalhando, ganhando, e guardando, e um dia o homem disse a si mesmo: “Você tem tudo de bom, tudo o que precisa para muitos anos, agora descanse, coma, beba e alegre-se”. Mas Deus lhe disse: “Seu louco! Essa noite você vai morrer, e quem aproveitará tudo o que você guardou”? (Lucas 12. 20). A impressão que tenho é que com essa atitude ele não ganhou nada, mas perdeu tudo.

A palavra de Deus também nos adverte quando Jesus nos diz: “O que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma”? (Mateus 16; 26).

Reflita sobre isso, e tome muito cuidado porque às vezes “Ganhar pode significar Perder”.

(Pr. David)

 

IGREJA BATISTA INDEPENDENTE

Passo Fundo – RS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s