Devocional – 37º dia

A Paz do Senhor!

Queridos Irmãos e Irmãs, estamos na reta final da nossa Campanha de 40 dias de Oração e Jejum em favor da Família. Hoje é 37º Dia da Campanha.

Nosso Devocional de hoje nos convida a refletir sobre A Oração de Ana.

 

E creia que assim como o Senhor respondeu a oração de Ana, Ele pode ouvir e responder a sua oração também

 

Bom Estudo!!

E orou Ana e fez um voto ao Senhor:

Ó Senhor Deus Todo Poderoso, olha para mim, tua serva!

Vê a minha aflição e lembra-te de mim!

Se tu me deres um filho, prometo que será,

Consagrado ao Senhor por todos os dias da sua vida.

(1Samuel  1. 11)

Dia 37 – 23/09/2014                                                                                                                   

 

A ORAÇÃO DE ANA

 

1Samuel 1. 8 a 18:

1.8   Então, Elcana, seu marido, lhe disse: Ana, por que choras? E por que não comes? E por que estás de coração triste? Não te sou eu melhor do que dez filhos?

1.9   Após terem comido e bebido em Siló, estando Eli, o sacerdote, assentado numa cadeira, junto a um pilar do templo do Senhor,

1.10   Levantou-se Ana, e com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou abundantemente.

1.11   E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos, se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e me deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e será Consagrado ao Senhor.

1.12   Demorando-se ela a orar perante o Senhor, passou Eli a observar-lhe o movimento dos lábios,

1.13   Porquanto Ana só no coração falava; seus lábios se moviam, porém não se lhe ouvia voz nenhuma; por isso, Eli a teve por embriagada,

1.14   E lhe disse: Até quando estarás tu embriagada? Aparta de ti esse vinho!

1.15   Porém Ana respondeu: Não, senhor meu! Eu sou uma mulher atribulada de espírito; não bebi nem vinho nem bebida forte; porém estou derramando a minha alma perante o Senhor.

1.16   Não tenhas, pois, a tua serva por filha de Belial; porque pelo excesso da minha ansiedade e da minha aflição é que tenho falado até agora.

1.17   Então, lhe respondeu Eli: Vai-te em paz, e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste.

1.18   E disse ela: Ache a tua serva graça diante de ti. Assim, a mulher se foi seu caminho e comeu, e o seu semblante já não era triste.

A história dessa mulher pode se parecer com a nossa história. Ela ia à igreja com um propósito diante de Deus.

Seu coração era triste por não ter filhos, ela era humilhada pela sua rival, e o motivo de suas orações era sempre o mesmo, que Deus lhe abençoasse com um filho.

Certo dia ela estava orando e até o sacerdote Eli a criticou, ele pensou que ela estava embriagada, mas ela disse não senhor, sou uma mulher angustiada, não bebi nada forte, apenas estava derramando a minha alma diante do Senhor Deus.

Nesse dia quando foram ao templo ela fez um voto ao Senhor, um propósito.

Você também está diante de um propósito com Deus, são 40 dias de Oração Jejum. E você também tem seu objetivo para alcançar durante esse tempo. Alguém pode ter lhe criticado também dizendo, porque tudo isso?

Saiba que essa dedicação de orar, jejuar, e meditar na palavra de Deus, buscando sabedoria, crescimento espiritual, compartilhando suas necessidades com Senhor, creia, isso não passa despercebido diante de Deus.

As pessoas podem não nos entender, mas Deus entende nossos propósitos, pois os fazemos diante dEle, com Ele e para Ele.

Chama minha atenção que Ana pediu um filho, mas ao mesmo tempo não pediu pra ela. Se recebesse, esse filho não seria dela, mas do Senhor, consagrado ao Senhor, ela o entregaria para viver todos os dias no templo do Senhor, estaria a serviço do sacerdote.

Ana recebeu sua vitória. Alcançou seu propósito. Engravidou e lhe nasceu um menino, ela o chamou de Samuel. E depois que o desmamou, ela o levou ao templo pra cumprir seu propósito com Deus.

Amados, quando compartilhamos com Deus aquilo que recebemos, Ele sempre nos recompensa muitas vezes mais.

Ana levou seu filho pra consagrar a Deus, deixou seu filho lá no templo pra servir ao Senhor, servindo ao sacerdote, ela deu seu filho a Deus. Recebeu de Deus como uma graça e deu a Deus como um presente.

E a palavra diz; E o Senhor abençoou a Ana, e ela teve mais três filhos e duas filhas. (1Samuel 2. 21).

Deus não fica devendo nada pra ninguém, Ele recompensa muitas vezes aquilo que fazemos para sua obra.

Você já decidiu o que vai fazer com a sua bênção, com a resposta que está buscando do Senhor? Será que sua vitória pode ser compartilhada?

O Senhor deseja ser glorificado na sua vida, por isso compartilhe as bênçãos que Deus te dá.

Fale Com o Senhor:

________________________________________________________________________________

  • Agradeça a Deus por sua vida e por sua família.
  • Diga a Ele que você espera que sua oração também seja atendida.
  • Compartilhe seu propósito com Deus, derrame seu coração na presença do Senhor Jesus.

_____________________________________________________________________

Motivos de Oração:

 

  • Por você (Para que você possa continuar buscando a Deus).
  • Por sua Família (Para que todos conheçam a Cristo como Salvador).
  • Pela Igreja (Pelas famílias da igreja)
  • Oremos pelo futuro Político do nosso País.

________________________________________________________________________________

PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA BATISTA DE PASSO FUNDO – RS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s