Devocional – 22º dia

A Paz do Senhor!

 

Queridos Irmãos e Irmãs, hoje é o 22º da nossa Campanha de 40 dias de Oração e Jejum em favor da Família.

 

Quero motivá-lo a continuar firme no propósito de buscar as bênçãos que Deus tem preparado para nossa família.

 

Hoje lhe convido a fazer a oração do profeta Habacuque 3. 2:  

Ouvi, SENHOR, a tua palavra e temi; Aviva ó Senhor a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; (e na hora da ira lembra-te da tua misericórdia).

 

Aviva Senhor nosso propósito no meio da campanha. É fácil começar, mas é no meio que as pessoas desistem, é durante a caminhada que desanimam, se cansam; Por isso aviva-nos Senhor, para que possamos chegar até o fim, e alcançar nosso alvo em Cristo Jesus!!

 

Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes

E de muitas maneiras, aos nossos pais, pelos profetas,

A nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo seu Filho,

A quem constituiu herdeiro de todas as coisas,

Pelo qual também fez o universo.
(Hebreus 1. 1 e 2)

Dia 22 – 08/09/2014                                                                                                      (Adaptado TSD)                                                                                                                                                       

 

A BÍBLIA NOS AJUDA A TER INTIMIDADE COM JESUS

 

O projeto de Deus é que cada um dos seus filhos seja semelhante a Cristo:

Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos (Romanos 8. 29).

Em nosso devocional com Deus, crescemos na comunhão e na intimidade com o Senhor Jesus Cristo. E à medida que estudamos as Escrituras, conheceremos mais profundamente a Cristo, seu caráter, seu amor e sua vontade.

       O próprio Senhor Jesus nos ensina que a Bíblia fala a seu respeito:

Examinai as Escrituras porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim (João 5. 39).

       A Palavra de Deus testifica de Jesus Cristo, quem ele é, e o que Ele faz. No antigo Testamento, encontramos diversas profecias que apontam para o Senhor Jesus e sua obra. No Novo Testamento encontramos a obra e a revelação de Jesus Cristo como Deus, o Verbo de Deus, O Salvador do mundo, o Senhor, o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

 

João 1. 1 a 5 – 10, 11 e 12:

1.1   No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

1.2   Ele estava no princípio com Deus.

1.3   Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez.

1.4   A vida estava nele e a vida era a luz dos homens.

1.5   A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.

1.10   O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio dele, mas o mundo não o conheceu.

1.11   Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.

1.12   Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.

 

       Precisamos conhecer profundamente o
Senhor Jesus, em primeiro lugar para a nossa própria firmeza e posição espiritual, em segundo, para que levemos outros a conhecê-lo também.

        Ele nos ordenou fazer discípulos de todas as nações:

Mateus 28. 18 – 20:

28.18   Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.

28.19   Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

28.20   Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

Portanto, à mediada que o conhecemos mais intimamente na oração e na Palavra, seremos mais semelhantes a Ele, e faremos novos discípulos semelhantes a Ele.

2Coríntios 4. 5, 6:

4.5   Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus.

4.6   Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo.

 

       Além disso, devemos entender que quando recebemos a Cristo como Salvador e Senhor, nascemos de novo, e iniciamos nossa caminhada espiritual. Porém, não podemos ficar sempre como bebês espirituais, mas devemos nos alimentar espiritualmente até que cheguemos à maturidade, e alcancemos a medida da plenitude de Cristo.

Até que todos alcancemos a unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da Plenitude de Cristo (Efésios 4. 13).

 

        O conhecimento do Senhor Jesus Cristo é tão importante, necessário e grandioso, que o apóstolo Paulo, fazendo comparações, considera todas as posições, títulos, bens e privilégios como refugo comparado à grandeza do conhecimento de Cristo:

Filipenses 3. 1 a 10:

3.1   Quanto ao mais, irmãos meus, alegrai-vos no Senhor. A mim, não me entristece e é segurança para vós repetir as mesmas coisas.

3.2   Acautelai-vos dos cães! Acautelai-vos dos maus obreiros! Acautelai-vos da falsa circuncisão!

3.3   Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne.

3.4   Bem que eu poderia confiar também na carne. Se qualquer outro pensa que pode confiar na carne, eu ainda mais:

3.5   Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; quanto à lei, fariseu,

3.6   Quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na lei, irrepreensível.

3.7   Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo.

3.8   Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo;

3.9   E ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé;

3.10   Para o conhecer, e o poder da sua ressurreição, e a comunhão dos seus sofrimentos, conformando-me com ele na sua morte.

 

Quando conhecemos quem é o Senhor Jesus, e a obra que Ele fez por amor, entregando-se e morrendo para nos salvar, e ressuscitando para nos justificar, mais o amaremos, e muito maior desejo teremos de servi-lo.

Entenderemos também que todas as conquistas humanas, os títulos, os bens, os privilégios, nada disso supera o valor da nossa comunhão com Jesus. 

Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Ele é maravilhosos, majestoso, grandioso, poderoso, amoroso. Aleluia! Louve ao Senhor!

 

________________________________________________________________________________

Fale Com o Senhor:

  • Agradeça ao Senhor por esse tempo de intimidade que você pode desfrutar na presença de Deus.
  • Peça que o Senhor lhe conceda maturidade e crescimento espiritual.
  • Diga ao Senhor que você deseja ter mais conhecimento da palavra de Deus

________________________________________________________________________________

Motivos de Oração:

 

  • Por você (Pela sua intimidade com Deus)
  • Pela sua Família (Para todos possam conhecer aprender da palavra de Deus.
  • Pela Igreja (Pelas famílias da igreja)
  • Pelas pessoas que ainda não tiveram oportunidade de ouvir a leitura palavra de Deus na sua língua.

________________________________________________________________________________

 

PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA BATISTA DE PASSO FUNDO – RS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s