Aparência (viver de aparência) Mateus 23.3-12

aparenciaIntrodução: não podemos ser cem por cento sinceros, pois podemos magoar as pessoas, ou sermos mal entendidos, mas também não podemos ser falsos. Precisa haver um equilíbrio em todos os nossos relacionamentos, seja na igreja com os irmãos, no trabalho com os colegas, e em casa, com parentes, familiares, amigos. Precisamos buscar um convívio harmônico e pacífico com todos que nos cercam. Porém, precisamos ser autênticos e sinceros, mesmo que em determinados momentos, devamos ficar calados diante de uma situação. Neste texto Jesus fala especificamente aos escribas e fariseus, que pregavam um estilo de vida, porém não praticavam (e isto é viver de aparência). Na verdade, falar é fácil, e agir sempre foi mais difícil.

Agora, gostaria de salientar algumas situações neste texto:

 

1-Disserem (Mateus 23.3) (dizer, falar)

Temos que cuidar o que falamos das pessoas, para quem falamos. Deus é onisciente, onipresente e onipotente, e sabemos que o diabo não, mas ele escuta todas as palavras que saem de nossa boca. Por isso precisamos vigiar a nossa língua. Em Mateus 12.34 nos diz que “a boca fala o que o coração esta cheio”. Devemos falar palavras que edifiquem as pessoas, ou então ficar quietos (se não concordarmos com a atitude de alguém).

 

2-Suas obras (Mateus 23.5)

Nossas ações revelam quem somos. Podemos falar o quisermos para as pessoas, mas nossas atitudes sempre falarão mais alto. Conhecemos um cristão autentico e genuíno, lavado e remido no sangue do Cordeiro, quando este é confrontado e dá uma resposta positiva, a luz das escrituras sagradas, agindo com bom senso, disciplina e sabedoria.

Sabemos também que a fé sem obras é morta. Ou seja, se dissermos que amamos e seguimos a Jesus, precisamos evidenciar isto com nossas escolhas.

 

3-Fardos pesados (Mateus 23.4)

“Entrega o teu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais Ele fará”, Salmo 37. E em Mateus 11.30 Jesus nos diz “Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.

As vezes estamos carregando um fardo muito pesado, ficamos muito preocupados com o que as pessoas pensam a nosso respeito, e zelamos muito pela nossa reputação. E isto acaba gerando uma carga muita grande, volumosa e pesada, que não nos faz bem.

4-Serem vistos (Mateus 23.5)

Orgulho, soberba, presunção, vaidade, no fundo, tudo falta de humildade, esta por sua vez, extremamente evidente na vida de Jesus, o nosso exemplo maior a ser seguido.

Muitas vezes temos a necessidade de sermos vistos, de que as pessoas nos enxerguem e vejam em nossas vidas o sucesso, a realização, por isso hoje na sociedade, é status ter um bom carro, mesmo que financiado, afinal de contas, ninguém precisa saber se você deve ou não.

Porém, daí entra em outro perigo, o da competição, e isto sim não é nem um pouco saudável. Não é por que o meu irmão da igreja ou o meu vizinho trocaram de carro, reformaram a casa ou foram fazer uma viagem para a Europa, que eu tenho que fazer o mesmo, somente para provar que eu também posso. Não que Deus não queira nos abençoar, pelo contrário, Ele é o mais interessado pelo nosso sucesso e realização pessoal. Mas tudo no Seu tempo, e não no nosso tempo, que na maioria das vezes é afobado.

 

5-Primeiro lugar (Mateus 23.6)

Em Mateus 20.16 nos diz “Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos”. Mais um grande motivo para exercermos a humildade em nossas vidas, para não nos frustrarmos. Pois dizemos que o mundo dá muitas voltas, e nunca saberemos o dia de amanhã, mas teremos certeza de que se tivermos uma postura humilde, evitaremos muitos problemas e conflitos desnecessários.

 

6-Se humilhar (Mateus 32.12)

Será exaltado, é uma promessa. Mas a principal razão para agirmos com humildade, não é o fato de sermos exaltados por Deus lá na frente, e sim por que Jesus é a humildade em essência.

 

Conclusão: devemos ser quem somos, nos esforçando a cada dia por sermos um pouco melhores que ontem, e estar observando os nossos erros para evita-los no futuro. Precisamos cuidar da trave que se encontra em nossos olhos e deixar para lá o cisco no olho do nosso irmão.

Anúncios

3 comentários sobre “Aparência (viver de aparência) Mateus 23.3-12

  1. Essa mensagem serve pra muito crente deixar de viver de aparências.Pois Deus ñ quer esquentadores de banco dentro da igreja ñ,parabéns pela mensagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s