ORAÇÃO: a chave da vitória (Marcos 9.1-29)

Introdução: Jesus como de costume, sobe ao monte para orar a Deus Pai. Leva consigo Pedro, Tiago e João. Que privilégio destes três discípulos de receberem este convite especial, de estarem mais próximos de Jesus, quando este ia buscar comunhão com o Pai. Quando eles estavam no monte, algo sobrenatural e espiritual acontece, Jesus foi transfigurado diante deles, ficou com as suas vestes brancas e resplandecentes, e apareceu Elias e Moisés diante de Jesus, e os três discípulos ficaram atônicos e perplexos, não entendendo nada do que estava acontecendo. Quando os quatro desceram do monte, se depararam com uma situação complicada e tumultuada, pois os discípulos que haviam ficado, receberam um apelo desesperado de um pai que havia muitos anos tentava sem sucesso que alguém pudesse ajudá-lo a expulsar um espírito imundo e mudo do seu filho, porém os discípulos não conseguiram libertar o menino. Agora:

Que lições podemos extrair desta história?

1-Discutiam com eles
Marcos 9.14 “Quando eles se aproximaram dos discípulos, viram numerosa multidão ao redor, e que os escribas discutiam com eles.”

Perdemos muito tempo discutindo, e pouco tempo orando. Um pastor uma vez me disse que quando estamos orando, ao invés de gastarmos o nosso tempo, estamos na verdade ganhando tempo, gerando um saldo positivo de tempo em nossa vida.
Porém, perdemos muito tempo discutindo sobre o que aquela ou esta igreja esta ensinando, o que aquela igreja esta pregando, quais os ensinamentos desta e daquela igreja.
Os cristãos em geral, e aqui me incluo também, todos nós, deveríamos nos preocupar mais em estar na presença de Deus orando e buscando a Sua face, do que ficarmos discutindo sobre teologia, sobre visões de ministério, dizendo que esta ou aquela igreja esta indo para um caminho errado, criticando tal e tal denominação.
O nosso foco e alvo principal deve ser Deus, o Todo Poderoso, Criador dos céus e da terra, o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim.
Muitos irmãos ficam preocupados e discutindo sobre o que os pastores de suas igrejas estão fazendo com as ofertas e os dízimos que entram nas igrejas. Isto é um problema dos pastores com Deus, eles que prestarão contas para o Senhor.

2-Não puderam
Marcos 9.18 “e este, onde quer que o apanha, lança-o por terra e ele espuma, rilha os dentes e vai definhando. Roguei a teus discípulos que o expelissem, e eles não puderam.”

Como anda a nossa vida espiritual? Como estamos atuando no mundo espiritual? Estamos cheios de fé e unção, ou com uma vida espiritual medíocre, pequena, superficial, sem fé, sem discernimento do Reino de Deus?
Os discípulos foram envergonhados, pois estavam em muitos, e nenhum foi capaz de em nome de Jesus impor a sua autoridade espiritual diante de um demônio.

3-Desde a infância
Marcos 9.21 “Perguntou Jesus ao pai do menino: Há quanto tempo isto lhe sucede? Desde a infância, respondeu;”

Quanto tempo ficamos convivendo com um problema, com uma enfermidade ou doença, com uma moléstia emocional, com um pecado que cultivamos e não queremos largar, em hipótese alguma.
Este jovem sofria deste mal desde sua infância, desde que ele era uma criança, talvez por mais de 15 ou 20 anos. Talvez seus pais não tivessem uma vida social, pois tinham vergonha, não do filho, mas do que poderia acontecer se o espírito se manifestasse no filho, causando alvoroço e confusão. Talvez por muitas vezes os pais deste menino deixaram de convidar amigos para virem jantar em sua casa, com receio do que pudesse acontecer, e talvez muitas vezes deixaram de sair e se divertir, ter um lazer, pois precisavam ficar em casa cuidando do filho.
Quantas pessoas ficam por anos de suas vidas sofrendo com algum mal, sendo que Jesus já levou sobre si todas as nossas dores e enfermidades.

4-Tudo é possível ao que crer
Marcos 9.23 “Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crer.”

Não existe nada que seja impossível a Deus, Ele é o Deus dos impossíveis; Ele rege tudo com a Sua mão poderosa. Isto na verdade é um grande consolo para nossas vidas, para nós que amamos a Deus, pois ficamos tranqüilos e certos de que tudo está sob o controle Dele, e Ele tem cuidado de nós, “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, e são chamados segundo o Seu propósito”.

5-Ajuda-me na minha falta de fé
Marcos 9.24 “E imediatamente o pai do menino exclamou com lágrimas: Eu creio, ajuda-me na minha falta de fé.”

Quero ressaltar deste versículo a atitude humilde e desesperadora deste pai, que havia sofrido por anos a fio com o problema do seu filho, e com uma sinceridade profunda e impactante, responde a Jesus pedindo e suplicando ajuda. “um coração contrito e quebrantado Deus jamais irá rejeitar”.

6-A multidão concorria
Marcos 9.25 “Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele.”

As pessoas estavam curiosas para ver o que iria acontecer: uma libertação com cura ou a morte do menino para desespero do seu pai. Hoje existem muitos expectadores do evangelho, freqüentadores de igreja, pessoas que simpatizam com o mundo gospel, mas que não tem um compromisso com Deus, com a bíblia, com santidade e pureza, com mudança de atitude. Pessoas que ficam curiosas com os acontecimentos.

7-Por meio de oração e jejum
Marcos 9.29 “Esta casta não pode sair senão por meio de oração e jejum.”

Devemos nos esforçar e nos preparar para o dia mal, para as investidas do inimigo. Precisamos estar confiantes em Deus, com a nossa comunhão com Ele desenvolvida e alicerçada na Rocha que é Jesus. Precisamos estar limpos de coração e mãos, lavados e remidos no Sangue do Cordeiro Santo de Deus. Em harmonia e sintonia com o Espírito Santo, para podermos vencer as artimanhas e armadilhas do inimigo de nossas almas.
Devemos usufruir das armas espirituais destinadas a nós, como oração, jejum, leitura da palavra, meditação na palavra de Deus, louvor e adoração, comunhão com os irmãos, culto ao Senhor, entre outras.

Conclusão: gostaria que você que esta lendo esta mensagem, refletisse e observasse nesta passagem bíblica de Marcos 9.1-29, dos personagens a seguir, qual você melhor se encaixa:
Você esta em qual posição espiritual atualmente em sua vida:
1-como Pedro, Tiago e João, que estavam no monte com Jesus. (melhor posição)
2-como os demais discípulos de Jesus, frustrados por não conseguirem expulsar o demônio no menino. (a maioria de nós, a igreja, se encontra nesta posição)
3-como o pai do menino, desesperado por um milagre por um ente querido.
4-como o menino, com uma enfermidade, um problema grave, algo desesperador.
5-como a multidão, curiosa apenas por observar os acontecimentos ao seu redor.

Se você se encontra na posição 3 ou 4, saiba que Jesus é a solução.

Anúncios

2 comentários sobre “ORAÇÃO: a chave da vitória (Marcos 9.1-29)

  1. realmente queremos a Jesus filho de Deus,quando somos amigos do filho em verdade somos amados pela Pai.

  2. A chave da Vitória nada mais e do que a atitude do crente de nao se contentar em espera e sim obecer e seguir em frente como Pedro fez estava ele na prissao e sai obedecendo o anjo a chave da vitoria vem atrave do obedecer do louvor como de paulo e silas da oração do povo que orava por pedro enquanto estsva preso jejum e vigilancia como jesus tevi vitoria contra sstanas etc…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s