Um broto chamado amargura

Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem; (Hebreus 12:15)

Você conhece alguém amargo? Alguém que nada os adoça a vida ou melhore a baixa estima? Você conhece alguém que vive momentos de alegrias, mas logo aquelas risadas viram lágrimas de fel? Por que disso? Teria como tratá-las?

Liberar perdão é o caminho mais rápido para o processo da cura

Primeiramente é preciso diagnosticar realmente o que provocou esta amargura nas pessoas. O tratamento às vezes doe, pois aqueles que estão incluídos nestas amarguras e conflitos, precisam antes da cura confessar, admitir seus problemas, muitas não querem nem tocar no assunto. Falta de perdão gera o broto da amargura. Quantas pessoas precisam liberarem perdão, quantas coisas do passado, que simplesmente deveriam ficar para trás, acompanham seus donos amargos.

Muitas delas além de carregarem este broto, não perdoam a si mesmas e quase sempre também causam amargura nas outras pessoas, pois mesmo que não queiram contar o que estão passando, sua amargura fica evidente por suas atitudes. Nada poderá ser feito, se esta pessoa não admitir seus problemas e permitir ser tratada.

“Aquele que encobre suas transgressões nunca prosperará, aquele que confessa e deixa, alcança misericórdia” Provérbios 28.13

Eu não posso permitir que algo que aconteceu a trinta anos atrás, continue me ferindo ou fazendo mal. Embora tenham ficado marcas profundas, mas estas marcas não podem mais atrapalhar nem embaçar minha alegria.

Esquecendo das coisas que para trás ficam, prossigo para o alvo. Filipenses 3:13-14

O Texto base desta mensagem nos aconselha a não deixar brotar a raiz de amargura e muitos por isso tem se deixado contaminar. Diagnosticando o problema e arrancando a amargura pela raiz. Perceba que o autor de Hebreus diz que: nenhuma raiz de amargura deve em hipótese alguma brotar. A palavra brotar vem de “broto”, planta minúscula ainda em fase de desenvolvimento. Antes que a amargura cresça, deve ser interrompida seu crescimento e arrancada pela raiz, para que não se desenvolva novamente. Muitas pessoas estão contaminadas, pois esta plantinha que outrora era um brotinho hoje criou-se raiz profunda em seus corações e vivem muito amargas, pois algo do passado ainda estão vivas em seus corações.

Só o “Médico” dos médicos para arrancá-la de uma vez, pela raiz. Perceba que na cura, muitas vezes realizada por Jesus, o enfermo tinha que colocar para fora aquilo que fazia mal. Muitas vezes Jesus mesmo sendo onisciente perguntava: “O que queres que Eu te faça”? Logo o enfermo abria o coração e dizia, meu problema é este e quero a cura. Muitas vezes ficou BEM explícito que Jesus curava tanto o corpo como o interior dos homens, transformando-os de uma forma que todos percebiam a mudança. Jamais, queridos e amados irmãos, devemos permitir que esta planta chamada amargura crie raiz em nossos corações. Jesus é o único que tem todo poder para adoçar a sua vida, portanto deixe Ele te tratar, apenas confie que Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que você imagina.

Por Josiel Dias
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s