ACERTO O ALVO: Metralhado ou Míssil? (Gênesis 29.1-30)

INTRODUÇÃO: nesta passagem bíblica, vemos a história de Jacó e Raquel. Eles constituíram um matrimônio baseado na vontade e orientação de Deus. Jacó acertou o alvo, escolhendo Raquel para ser sua mulher, esposa, mãe de seus filhos, a pessoa que estaria ao seu lado na alegria e na tristeza, na fartura e na escassez, na felicidade e na tristeza. Temos visto nos dias de hoje este princípio de Deus, chamado matrimônio, ou casamento, desacreditado pela sociedade. Mas nós, os cristãos, precisamos resgatar o valor deste princípio, e nos espelharmos na história de Jacó e Raquel, que também tiveram desentendimentos, pontos de vista diferenciados, mas souberam transpor todos os obstáculos a que uma união a dois é submetida, para deixarem uma linda lição de vida, que pode ser espelhada e imitada nos dias de hoje. Precisamos acertar o alvo em nossas vidas, em todas as áreas: sentimental, espiritual, financeira. A metralhadora atira vários tiros por minuto, mas não tem a precisão de um míssil, que com apenas um disparo pode acertar um alvo a quilômetros de distância. O que eu quero dizer com isto, é que existem escolhas que fazemos em nossas vidas, que são muito importantes e que podem trazer a nossa realização pessoal ou o nosso fracasso. Destas escolhas, uma em especial, é de sua importância, a pessoa escolhida por nós para passar uma vida inteira aqui nesta terra. AGORA:

O que podemos aprender com esta história bíblica de Jacó e Raquel?

1-DEVEMOS BUSCAR UMA PESSOA CONVERTIDA A JESUS

Jacó buscou uma esposa de sua parentela. Nós filhos de Deus, homens e mulheres cristãos, nascidos de novo, precisamos buscar alguém para nossas vidas que ame a Jesus acima de qualquer coisa, acima de nós mesmos. Precisamos escolher alguém que tenha Jesus em primeiro lugar em sua vida. Precisamos escolher alguém também lavado e remido no sangue de Jesus. Não podemos abaixar este padrão. 1 João 4.6 “Nós viemos de Deus, e todo aquele que conhece a Deus nos ouve; mas quem não vem de Deus não nos ouve. Dessa forma reconhecemos o Espírito da verdade e o espírito do erro”. 1 João 5.18 “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge”.

2-DEVEMOS BUSCAR NO LUGAR CERTO

Jacó foi a Harã. Tenho visto muitos jovens buscando em lugares errados a pessoa para suas vidas. O melhor lugar para encontrarmos uma esposa ou um esposo será na igreja. Tenho visto muitos jovens buscando em baladas, em festas, na faculdade, no trabalho, e muitas vezes se apaixonam por pessoas que não professam a mesma fé, que não são convertidas a Jesus.

3-DEVEMOS BUSCAR A PESSOA CERTA

Jacó teve Raquel. Deus tem a pessoa certa para cada um de nós. Deus respeita nossos gostos, nossas vontades, nossos desejos, mas Ele mais do que ninguém sabe do que precisamos. Por isso precisamos confiar Nele, pois não basta apenas a pessoa frequentar uma igreja, ser bonita, fechar com o nosso gosto pessoal. Pois, somos todos diferentes uns dos outros, e muitas vezes, embora professemos a mesma fé, nossas personalidades podem entrar em conflitos, e estes serem motivos de uma incompatibilidade. Gênesis 2.22 “E da costela que o SENHOR Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão”.

4-DEVEMOS ESPERAR O TEMPO CERTO

Jacó esperou sete anos para ter Raquel. A impaciência dos dias de hoje, muitas vezes leva a escolhas erradas. Não temos paciência para esperar o tempo que for preciso para recebermos de Deus o melhor. Muitos acabam iniciando um namoro precipitado deixando que a carência emocional e afetiva grite mais alto em seu coração. Precisamos guardar o nosso coração para o tempo de Deus. O nosso coração muitas vezes pode nos enganar. Jeremias 17.9 “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá”. Jeremias 17.10 “Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações”. Provérbios 4.23 “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida”.

5-DEVEMOS NOS SACRIFICAR PARA TERMOS O MELHOR

Jacó sacrificou mais sete anos trabalhando para o seu sogro Labão, para poder ter Raquel em definitivo. A pessoa que está solteira hoje precisa renunciar alguns convites, pois os solteiros são assediados e tentados a saírem e encontrarem alguém. Precisa haver um sacrifício, uma renúncia à procura. Quando menos esperamos, quando estamos bem resolvidos e convictos de que Deus esta cuidando desta área sentimental e amorosa em nossas vidas, quando estivermos priorizando o reino, então, no tempo de Deus, que não é o nosso tempo, a pessoa aparece. Sacrifício de pureza, de se guardar, de esperar em santidade a pessoa que Deus esta preparando para as nossas vidas. Salmo 51.17 “Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus”. Mateus 6.33 “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

CONCLUSÃO: em primeiro lugar, sempre que o nosso coração estiver interessado por alguém, precisamos ver se esta pessoa tem Jesus em primeiro lugar em sua vida. Observarmos isto é fundamental para que tenhamos sucesso em um futuro relacionamento. Se estamos solteiros, a espera de alguém, precisamos nos guardar, guardar a nossa vida, o nosso coração. Buscar suprir nossa carência emocional e sentimental em Deus. Precisamos vigiar para que não venhamos nos apaixonar várias e várias vezes por pessoas que não são a que iremos constituir família, através do casamento. Muitas vezes a carência faz com que venhamos a alimentar um sentimento que sabemos que não passará de uma aventura, que será algo que não terá futuro, e isto pode vir a gerar feridas em nossa vida e na vida da pessoa. Daí a importância de termos paciência e esperar no Senhor o melhor que Ele tem para as nossas vidas. Quando a Raquel ou o Jacó aparecerem em nossas vidas, teremos a certeza e a convicção dentro do nosso coração, de que encontramos a pessoa certa, e esta certeza Deus estará testificando em nosso íntimo e no íntimo da outra pessoa. Será algo recíproco, será algo verdadeiro, e que valerá a pena pagar o preço, para que venhamos constituir uma família que ame a Deus, ame a Jesus acima de tudo, e possa ser exemplo para uma sociedade que hoje carece de bons exemplos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s