Resgatando a vontade de Deus em minha vida (Juízes capítulos 6 e 7)

INTRODUÇÃO: tem uma musica do Toque no Altar, chamada Restituí, que inicia assim: Os planos que foram embora, o sonho que se perdeu, o que era festa e agora, é luto do que já morreu, não podes pensar que este é o teu fim, não é o que Deus planejou, levante-se do chão, erga um clamor… Este hino mostra que nunca tudo estará perdido, pois enquanto estivermos vivos, há esperança, e Deus quer realizar os planos e os sonhos Dele em nossas vidas. Com Gideão foi assim, ele estava desacreditado de que o domínio dos midianitas sobre o seu povo, pudesse acabar, e muito mais desacreditado e descrente de que ele poderia ser o instrumento de Deus para que isso pudesse acontecer. AGORA:

COMO RESGATAR A VONTADE DE DEUS EM MINHA VIDA?

1-SAINDO DAS COVAS E DAS CAVERNAS (Juízes 6.2) “Prevalecendo o domínio dos midianitas sobre Israel, fizeram estes para si, por causa dos midianitas, as covas que estão nos montes, e as cavernas, e as fortificações”. Cova e caverna pode ser um pecado Devemos subir no monte santo de Deus: Salmo 24.3-4 “Quem subirá ao monte do SENHOR? Quem há de permanecer no seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente”. O povo de Israel estava aprisionado, com medo, vivendo sobre as ameaças e ordens dos midianitas. Eles plantavam e os midianitas iam em suas propriedades e pegavam o resultado do trabalho. Por isso o povo fez covas, cavernas e fortificações para tentarem resistir ao domínio dos midianitas.

2-GIDEÃO ESTAVA TRABALHANDO (Juízes 6.11b) “Então, veio o Anjo do SENHOR, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o pôr a salvo dos midianitas”. Gideão recebeu a visita do Anjo do Senhor, por que não desistiu de trabalhar, mesmo que os midianitas viessem e levassem a sua produção, mas ele continuou produzindo, trabalhando, insistindo. Deus não quer que sejamos desocupados, que sejamos preguiçósos, mas sim que nos esforcemos, que busquemos o sustento da nossa casa, que corramos atrás do suprimento para nossas vidas. A vontade de Deus é resgatada quando deixamos de ter a mente vazia. As vezes acontecem decepções, como uma porta de emprego que se fecha, ou desistimos de um curso, de uma faculdade, por dificuldades de pagar, ou por ser muito difícil, mas Deus deseja que venhamos a resgatar estes sonhos, pois desistimos muito fácil das coisas. Gideão nos mostra insistência na adversidade, na luta, no problema.

3-NÃO DEVEMOS DAR DESCULPAS PARA DEUS (Juízes 6.15) “E ele lhe disse: Ai, Senhor meu! Com que livrarei Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu, o menor na casa de meu pai”. Não devemos achar pretextos para fugir das responsabilidades que Deus quer que venhamos a assumir. Muitos hoje não querem compromisso com Deus, renunciar algumas coisas para servir a Deus. Muitas vezes damos desculpas, e tentamos colocar para outras pessoas o que poderíamos fazer. Gideão se achava pequeno, pobre, insignificante e não apto para tal tarefa. 1 Coríntios 27-28 “pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes, e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são”.

4-DEVEMOS FAZER UMA LIMPEZA EM NOSSAS VIDAS E EDIFICAR UM ALTAR (Juízes 6.25-26) “Naquela mesma noite, lhe disse o SENHOR: Toma um boi que pertence a teu pai, a saber, o segundo boi de sete anos, e derriba o altar de Baal que é de teu pai, e corta o poste-ídolo que está junto ao altar. Edifica ao SENHOR, teu Deus, um altar no cimo deste baluarte, em camadas de pedra, e toma o segundo boi, e o oferecerás em holocausto com a lenha do poste-ídolo que vieres a cortar”. Gideão foi instruído a derrubar o poste-ídolo que seu pai havia construído e o altar a Baal. Devemos limpar a nossa vida da idolatria, feitiçaria, pornografia, do roubo, da mentira, da fornicação, do adultério, dos vícios em geral, da masturbação. Devemos construir um altar de oração, ter um tempo de oração a Deus, de leitura da sua palavra, um tempo em que nos desligamos de tudo e nos conectamos a Deus, conversando com Ele e expondo os nossos problemas, lutas, dificuldades. Devemos agir com transparência para com Deus.

5-AGIR POR FÉ (Juízes 6.39) “Disse mais Gideão: Não se acenda contra mim a tua ira, se ainda falar só esta vez; rogo-te que mais esta vez faça eu a prova com a lã; que só a lã esteja seca, e na terra ao redor haja orvalho”. Gideão fez várias provas com Deus, pois estava com medo. Em Juízes 6.12 “Então, o Anjo do SENHOR lhe apareceu e lhe disse: O SENHOR é contigo, homem valente”. Deus chama Gideão de homem valente. Isso mostra que se Deus nos está chamando para uma tarefa, para uma mudança de vida, é por que Ele vai nos dar as condições para tal acontecer. Gideão precisou fazer provas com Deus para que a sua fé fosse ativada. Tomé precisou ver as marcas dos cravos nas mãos de Jesus para crer que Ele havia ressuscitado. Sem agir por fé, não conseguiremos êxito em nossa caminhada cristã.

6-DEUS VAI ENTÃO NOS USAR E NOS DAR A VITÓRIA DA FORMA DELE, DO JEITO DELE (Juízes 7.3-6) “Apregoa, pois, aos ouvidos do povo, dizendo: Quem for tímido e medroso, volte e retire-se da região montanhosa de Gileade. Então, voltaram do povo vinte e dois mil, e dez mil ficaram, Disse mais o SENHOR a Gideão: Ainda há povo demais; faze-os descer às águas, e ali tos provarei; aquele de quem eu te disser: este irá contigo, esse contigo irá; porém todo aquele de quem eu te disser: este não irá contigo, esse não irá, Fez Gideão descer os homens às águas. Então, o SENHOR lhe disse: Todo que lamber a água com a língua, como faz o cão, esse porás à parte, como também a todo aquele que se abaixar de joelhos a beber, Foi o número dos que lamberam, levando a mão à boca, trezentos homens; e todo o restante do povo se abaixou de joelhos a beber a água”. Gideão com 300 homens venceu os midianitas e trouxe a libertação ao povo de Israel. Deus nos dará a vitória que precisamos, com as estratégias Dele, não as nossas. Pois toda honra, e toda glória, e todo o louvor é para Deus, e não para homens. Gideão foi apenas o instrumento de Deus para que a libertação do povo acontecesse. Quer ser um instrumento nas mãos de Deus?

CONCLUSÃO: não importa o quanto aos nossos olhos a nossa vida esteja difícil, ou o problema em que estamos enfrentando esteja insolucionável, ou a missão que nos está proposta pareça grande demais. O que importa é resgatarmos a vontade de Deus em nossas vidas, sabendo que para cumpri-la, basta dependermos e depositarmos a nossa inteira confiança Nele, o Autor e Consumador da nossa fé.

Anúncios

Um comentário sobre “Resgatando a vontade de Deus em minha vida (Juízes capítulos 6 e 7)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s