O Brilho do Mundo

Daniel 1.3.Disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, tanto da linhagem real como dos nobres,

Daniel 1.4…jovens sem nenhum defeito, de boa aparência, instruídos em toda a sabedoria, doutos em ciência, versados no conhecimento e que fossem competentes para assistirem no palácio do rei e lhes ensinasse a cultura e a língua dos caldeus.

Daniel 1.8.Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se.

1-linhagem real como dos nobres

Somos filhos do Rei dos reis e Senhor dos senhores, somos da linhagem real, somos nobres. Mesmo que as pessoas não deem valor para você, mesmo que você seja desprezado, humilhado, ridicularizado, chacoteado, “pisado”, não importa, para Deus você é o melhor, separado, escolhido. O homem atenta para o exterior, se a pessoa tem um bom carro, uma roupa elegante, se ela esta bem vestida. Deus conhece o nosso interior, Ele sabe o que temos dentro de nossos corações, Ele sabe das aflições, das angústias, das necessidades que temos. Deus nos ama incondicionalmente e nos vê como nobres, como príncipes e princesas Dele.

2-jovens sem nenhum defeito

O que faz com que tenhamos defeito é o pecado. O pecado deixa a nossa vida espiritual defeituosa, mancha a nossa alma, suja a nossa vida. Que bom que o Sangue de Jesus nos purifica de todo pecado e torna a nossa vida branca como a neve. Mas o pecado deve ser um acidente em nossas vidas, um descuido, um vacilo, mas nunca um hábito.

3-de boa aparência

A nossa aparência deve ser boa, no sentido de darmos bom testemunho e de agirmos conforme falamos e pregamos. É muito feio saber que Fulano ou Beltrana são crentes, mas dão mau testemunho por onde passam. Devemos fazer a diferença e pregarmos com palavras, mas muito mais com atitudes. Estamos sendo observados dia a dia pois as pessoas querem ver se o que dizemos, a fé que professamos condiz com nossas atitudes.

4-instruídos em toda a sabedoria

Devemos sempre estar vigiando, para não falarmos besteira, para não sermos inconvenientes, para não pecarmos, e buscarmos sabedoria que Deus nos dá, aos que pedirem, e nos dará através do Consolador, do nosso Ajudador, do Paracleto, chamado para andar junto, para ser a nossa companhia, nosso Auxiliador, o Espírito Santo.

5-doutos em ciência

Devemos ser informados dos acontecimentos ao nosso redor. Devemos nos preparar, estudando, nos aperfeiçoando. A Bíblia fala que o muito fazer livros é enfado da carne. Mas devemos sim estudar, nos preparar para enfrentar a vida, para termos uma carreira, uma profissão, um bom emprego. Tudo regado com muito equilíbrio. Se pudermos, devemos fazer uma faculdade, quem sabe uma pós graduação, ou até mestrado. Nunca nos esquecendo de que temos uma missão acima de qualquer coisa: “ide e fazei discípulos de todas as nações…”

6-versados no conhecimento

Conhecimento da Palavra de Deus, a Bíblia, o nosso manual. Ela trás as respostas que tanto precisamos para vivermos uma vida de vitória nestes dias maus. Precisamos lê-la, memorizá-la, estudá-la, pintá-la. Precisamos meditar na Palavra de Deus, e Ele (Deus) falará ao nosso coração aquilo que precisamos ouvir. Deus se manifestará a nós através da Sua Palavra. Ela se renova dia após dia, ano após ano, década após década. Ela é sempre atual, e daí a importância de estarmos sempre em sintonia com Ela.

7-competentes

Em tudo o que formos fazer, devemos fazer com competência. Devemos dar o nosso melhor, devemos fazer com amor, com dedicação, com excelência. Sejam grandes coisas, sejam pequenas, não importa, devemos fazer tudo para a glória de Deus.

8- não contaminar-se com as finas iguarias do rei

O brilho do mundo tenta apagar a Glória de Deus em nossas vidas. Não podemos nos contaminar com o mundo. Sabemos que temos três inimigos: a nossa carne que milita contra o nosso espírito, o mundo e o diabo. Mas devemos seguir o exemplo de Daniel, que se manteve afastado das finas iguarias do rei da Babilônia, bem como do seu vinho. Muitas vezes teremos que participar de uma festa de aniversario, de uma confraternização entre amigos, afinal, não temos como nos ausentar de uma vida social. Mas podemos sim não nos contaminar com o mundo. É claro que isso deve ser algo esporádico, e não uma coisa costumeira. Sabemos que, a brasa fora do braseiro acaba se apagando, daí a importância de cultivarmos amizades que nos aproximem de Deus, mas quando estivermos em situação de provação em ambientes que não sejam os mais indicados possíveis, que possamos nos manter longe dos manjares do pecado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s