Testemunho do Diego e da Julia

Em junho do ano 2000 conheci a Julia, ela estava em processo de conversão na igreja em que eu era membro desde que havia me convertido a 6 anos (em 1994). Eu estava passando um momento difícil, pois estava decepcionado comigo mesmo e de certa forma com Deus a respeito de relacionamentos que eu havia tido no passado, antes de me converter e principalmente depois que aceitei a Cristo, pois não tive paciência em algumas circunstâncias e acabei me interessando por irmãs que não eram para mim. Resultado: acabei me frustrando. Mas em um domingo, recebi um convite da “galera” dos jovens para irmos juntos no cinema assistir um filme. Quando estávamos no shopping esperando todo mundo chegar, aconteceu algo no meu coração, pois a Julia estava sentada em uma mesa e eu de pé em sua frente, olhei para ela e ela olhou para mim, e naquele momento, naquele dia, começou algo dentro de nós que iria nos unir no futuro para termos uma família, para estarmos juntos.

Fui assistir “60 Segundos” com Nicolas Cage e a Julia e todos os outros amigos foram assistir outro filme “Mar em Fúria”. Fui sozinho assistir ao filme (acho que a Julia deve ter me achado um egoísta ou sei lá o que por ter ido assistir ao filme sozinho).

Saí do cinema e fui direto para a igreja no culto do domingo. Sentei com uns amigos e quando menos esperava a Julia veio conversar comigo. Ela me pediu se eu havia visto uma irmã amiga nossa.

Os dias foram passando, eu estava na minha e a Julia na dela mais ainda, pois para ela tudo era novo, tudo era diferente, ela estava em processo de conversão. Até que um amigo meu e da Julia, o Luciano, o “Se faz” entrou na jogada. O Luciano fazia engenharia mecânica comigo na UPF, e eu era o responsável pela Aliança Bíblica Universitária – ABU, e todas as semanas nos reuníamos para um estudo bíblico em uma capela da universidade. O Luciano convidou a Julia para o estudo, e ela começou a frequentar todas as semanas. Em um domingo o Luciano me ligou me convidando para ir na casa da Julia comer “bolinhos de chuva” pois estava chovendo. Ele disse para eu ir indo na casa dela, que ele iria pegar o primeiro ônibus que passasse e então chegaria lá. Eu na minha inocência fui, a Julia nos esperava com os bolinhos mas o Luciano não foi, e ficamos eu e a Julia, olhando para a televisão, os dois sem graça, sem assunto, esperando o Luciano que não apareceu. Fomos para o culto juntos. Nos dias que se seguiram começamos a conversar mais e nos conhecer melhor, até que um dia me declarei para ela: disse para a Julia que eu estava gostando dela.

A partir daí começamos uma “amizade especial”, onde eu mandava torpedos no celular dela, e ligava para ela alguns dias da semana de noite e ficávamos horas conversando no telefone. Resolvemos então estipular um tempo para estarmos orando e esperando em Deus se realmente o que estávamos sentindo um pelo outro era Dele mesmo ou algo passageiro. Estipulamos quatro meses, e se no final destes quatro meses estivéssemos ainda interessados um pelo outro, então iríamos começar a namorar.

Neste meio tempo a Julia pediu para darmos um tempo pois ela estava confusa, não tinha certeza do seu sentimento por mim. Foi difícil para nós dois termos que renunciar este sentimento. Mas Deus estava no controle das nossas vidas e logo em seguida nos traria esta confirmação.

O tempo passou, e chegou dezembro do ano 2000, e os quatro meses se passaram. Só que havíamos nos afastado um pouco, quase não conversávamos mais, então uma tristeza bateu no meu coração juntamente com uma indignação. Mas conversando com uma amiga, ela me aconselhou a ligar para a Julia e retomar a “amizade especial”, e assim eu fiz. No final do mês, no dia 27 de dezembro de 2000, marcamos para irmos ao cinema juntos e iniciarmos o namoro. Os nossos líderes sabiam deste início de namoro e estavam orando por nós. Passei na casa da Julia, e pegamos na mão um do outro e fomos ao cinema. Eu fiquei o filme inteiro me ensaiando para beijá-la mas não tive coragem. No estacionamento, quando estávamos indo embora, nos beijamos (de forma muito discreta – só um selinho). Durante todo o tempo de namoro e noivado fizemos um propósito com Deus para nos mantermos firmes e longe do pecado, nos propomos a não nos beijar, dávamos somente selinhos, e cuidávamos para não ficar muito tempo sozinhos, sempre tínhamos alguns irmãos conosco ou então estávamos com a nossa família. Assim se passou 1 ano e 1 mês entre namoro, noivado e casamento, que ocorreu no dia 02 de fevereiro de 2002. Deus nos abençoou muito, e temos convicção de que isto foi fruto do nosso relacionamento saudável e pautado na palavra de Deus. O dia do nosso casamento foi um presente de Deus, Ele proveu tudo e foi um dia muito especial.

Hoje fazem mais de oito anos que estamos casados, temos um filho lindo, o Mathias, o presente de Deus para nossas vidas. Eu e a Julia nos amamos muito, somos muito felizes, temos problemas sim como todos os casais, mas temos a certeza de que quem no uniu foi Deus.

Quero com este nosso testemunho encorajar todos os jovens a esperarem em Deus, pois Ele tem o melhor para cada um de nós. Eu sou prova viva disso, pois eu estava muito desanimado e desacreditado de mim mesmo. Eu não acreditava mais que poderia ser feliz encontrando a pessoa certa, achava que isso nunca iria acontecer, pois esta é a mentira do inimigo, o desejo dele é que venhamos trocar o melhor de Deus por um prato de lentilhas como fez Esaú.

Um relacionamento deve iniciar fundamentado na Palavra de Deus. Não devem haver enganos, pois o inimigo vai tentar se aproveitar dos erros para tentar frustrar os planos de Deus para o casal. Por isso é importante para você que é nascido de novo, que aceitou a Jesus em seu coração, que espere o melhor de Deus para a sua vida, e não se aprece, espere com paciência no Senhor, pois a Sua vontade é boa, perfeita e agradável. Pense que você estará dando inicio a um relacionamento para a vida toda, até que a morte os separe, e que deste relacionamento virão os filhos, e tudo isso é muito sério, por isso precisamos esperar no Senhor e na força do seu poder.

Deus tem o melhor para os seus filhos!

E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Pois, se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem? Lucas 11:11-13

Anúncios

6 comentários sobre “Testemunho do Diego e da Julia

  1. aaaaaa
    que legal!!
    mtoo lindo esse testemuho!!
    Realmente, é difícil esperar e confiar em Deus, quando não vemos nada!
    Mas Deus sempre tem o melhor!
    Parabéns a vcs Diego!
    Que Deus os abençoe!

  2. A paz! =)

    Amei o testemunho de vcs. Já tinha ouvido, mas na leitura tem mais detalhes.

    Que Deus continue abençoando grandiosamente a família de vcs e a todos nós que estamos a espera daquela pessoa “especial”, escolhida por Deus…

  3. Comó é bom esperar o ganhar “O MELHOR” que Deus tem pra nós.
    Deus conhece exatamente cada um dos nossos desejos, e Ele tem os melhores sonhos para as nossas vidas, basta a gente esperar o tempo certo e desfrutar do melhor de Deus.

  4. Que Testemunho liiiiiiiiiiiiiindo!
    Estou esperando em Deus tem apenas 3 mêses, tive um namoro com uma pessoa que era da Igreja, na verdade era líder de jovens, e eu como nova convertida, julgava que só pelo fato da pessoa frequentar uma Igreja(em questão física) ela era pura e santa, mas aprendi que as coisas não funcionam assim, é o Papai do Céu que prepara e estou tentando ao meu máximo deixar os planos de Deus na minha vida ao invés dos meus! É muito difícil para mim já que nasci e cresci totalmente diferente mas creio que Deus vai me honrar e vai me fazer ser feliz na presença dEle!
    O testemunho de vocês é um motivo a mais para eu continuar a caminhada.
    Obrigada, a Paz do Senhor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s