Propósitos V

Pare e pense: qual é a sua metáfora de vida? Ou melhor, o que é a vida para você?

A sua vida e o rumo que você dá para ela depende muito de como você percebe a vida. Por exemplo, se para você a vida é uma festa, então, você procurará fazê-la divertida; se você acredita que a vida é uma corrida, provavelmente você não irá querer perder tempo, e estará sempre apressado; ou então, se você vê a vida como uma maratona, você primará pela resistência.

Consciente ou inconscientemente todos têm uma metáfora de vida, e é ela que rege nossas atitudes. A Bíblia nos fala sobre três coisas relacionadas à vida terrena: ela é um teste, é uma incumbência de responsabilidade e é uma atribuição temporária. Por hora vou falar apenas sobre a vida terrena como um teste e como uma incumbência de responsabilidade.

Nossa vida nesta terra deve ser encarada como um teste, como já disse em posts anteriores, é como um vestibular, a diferença é que só temos uma chance de ser aprovado. Deus testa nossa fé nEle, nossa perseverança, nossa paciência, enfim, Deus testa o nosso caráter.

Na Bíblia existem muitos exemplos de pessoas que foram testadas por Deus e tiveram êxito, tais como Abraão, Jó, Jacó, José, etc… Também existem pessoas que não obtiveram êxito nos testes, tais como Adão e Eva no Éden e Davi, que em diversas ocasiões, agiu segundo sua própria carne, entre outros.

Somos testados em todos os momentos. Há testes que parecem insuportáveis e há outros que nem percebemos, como quando deixamos de ser educados com alguém. Deus nos testa porque ele quer que nos aproximemos dEle, e para isso, Ele permite que sejamos tentados por algo.

O importante é que Deus deseja que sejamos aprovados nestes testes, então, Ele não permite que sejamos testados além da nossa capacidade (1 Corintos 10: 13). Se compreendermos que a vida terrena é um teste, perceberemos que nada é insignificante, e que tudo o que acontece é uma oportunidade de crescimento espiritual. Em Tiago 1: 12 há uma promessa em relação aos testes: “Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.”

A vida na terra também é uma incumbência de confiança. Assim como na parábola dos talentos (Mateus 25: 14-30), Deus nos confiou algumas coisas, tais como dons, inteligência, energia, relacionamentos e recursos. Mas isso tudo é emprestado de Deus, e por isso, devemos cuidar muito bem, porque um dia Ele avaliará o que fizemos com o que Ele nos emprestou.

Deus nos confiou essas dádivas para cuidarmos e administrarmos durante certo período. Quando morrermos, Deus as confiará à outras pessoas, e assim por diante. Precisamos reconhecer que tudo o que temos é de Deus, que Ele é o dono de tudo o que há na Terra. Devemos demonstrar que somos dignos da confiança que Deus depositou em nós.

Se formos aprovados no quesito confiança, Deus nos confiará as riquezas espirituais na eternidade: “Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras?” (Lucas 16: 11)

A vida é um teste e uma incumbência de confiança, então lembre-se: quanto mais Deus lhe dá, mais responsável Ele espera que você seja! “E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.” (Lucas 12: 48).

Deus abençoe a todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s