O diabo não esta de brincadeira (Neemias 6 e Marcos 5.1-14)

7 mar

INTRODUÇÃO: Neemias era copeiro do rei do império Persa, que dominava o mundo daquela época. Ele tinha um ótimo relacionamento com o rei Artaxerxes, tanto é que o mesmo lhe concedeu uma longa licença de suas funções no serviço ao rei para ir a Jerusalém e iniciar a restauração da cidade, que se encontrava em ruínas. Neemias foi até Jerusalém e começou a encontrar resistências no trabalho de reconstrução da cidade. Acabou por adquirir alguns inimigos: Sambalate, Tobias, Gesem e outros. Vemos também em Marcos capítulo 5 o investida do diabo sobre a vida de um homem, lançando sobre ele uma legião de demônios neste endemoninhado gerazeno. Agora:

O que podemos aprender com Neemias capítulo 6?

1-TEMOS INIMIGOS Quer queiramos ou não, quer entendamos ou não, o fato é que temos inimigos, e teremos que estar sempre atentos e vigilantes, espertos, para não cairmos nas ciladas que serão investidas sobre as nossas vidas. Podemos relacionar três inimigos diretos que enfrentaremos: o mundo, ou o sistema do mundo, como carnaval, festas regadas a drogas, álcool, tabaco, e tudo o que possa fazer com que venhamos a ficar deprimidos, entristecidos, como padrões de beleza, para mulheres ficarem sempre magras, homens sempre sarados, o que para muitos acaba se tornando um grande fardo a ser carregado. Outro inimigo feroz é a nossa carne, onde muitas vezes contrariamos os ensinamentos de Jesus de que devemos dar a outra face se alguém nos ferir na face direita, e na verdade, não queremos é levar desaforo para casa, e xingamos as pessoas no trânsito, e queremos fazer justiça com as nossas próprias forças, ou não conseguimos resistir de olhar um corpo feminino sensual que esta passando a nossa frente, ou as mulheres que fazem questão de colocarem um decote bastante aberto para serem admiradas e cobiçadas pelos homens. E por fim o terceiro inimigo implacável, o diabo e seus demônios, que estão na verdade por trás de tudo, nos tentando a pecar e a nos afastar de Deus.
Neemias 6.1 “Sucedeu que, ouvindo Sambalate, Tobias, Gesem, o árabe, e o resto dos nossos inimigos, que eu tinha edificado o muro, e que nele já não havia brecha alguma, ainda que até este tempo não tinha posto as portas nos portais”.
Lucas 1.71 “Para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam”. (profeta Zacarias, pai de João Batista).
Mateus 10.36 “E assim os inimigos do homem serão os seus familiares”.
Filipenses 3.18 “Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo”.
Efésios 6.12 “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais”.
2-TEMOS QUE EDIFICAR OS MUROS Tudo o que pudermos fazer para nos proteger dos ataques dos nossos inimigos, devemos fazer. Pois nesta guerra espiritual, de vivermos uma vida cristã genuína, devemos estar sóbrios e vigilantes, pois o nosso adversário tentará de todas as formas e com muitas estratégias um brecha em nossas vidas para por ela entrar e fazer um estrago. Precisamos restaurar aquilo que está estragado em nossas vidas. É como se comparássemos a nossa vida a uma caixa de laranjas. Se uma laranja estiver estragada, ela vai contaminando o restante das laranjas. Se tivermos um buraco ou uma brecha em nossa vida, um pecado que constantemente cometemos e que já faz parte do nosso cotidiano, é justamente por aí que o diabo irá agir.
Neemias 6.1 “Sucedeu que, ouvindo Sambalate, Tobias, Gesem, o árabe, e o resto dos nossos inimigos, que eu tinha edificado o muro, e que nele já não havia brecha alguma, ainda que até este tempo não tinha posto as portas nos portais”.
Mateus 26.41 “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca”.
Lucas 21.36 “Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem”.
Hebreus 6.1 “Pelo que, transpondo os ensinamentos elementares da doutrina de Cristo, procuremos alcançar-lhe a plenitude. Não queremos agora insistir nas noções fundamentais da conversão, da renúncia ao pecado, da fé em Deus”.
Hebreus 12.1 “Portanto, nós também, pois estamos rodeados de tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com perseverança a carreira que nos está proposta”.
3-NOSSO INIMIGO PLANEJA ALGO CONTRA NÓS O diabo sempre estará planejando uma cilada, um ataque, uma investida contra a nossa vida. Ele nos conhece e sabe os nossos pontos fracos, conhece nossas limitações, nossas fraquezas, e nos tentará nestas áreas. Isto é um fato, não importa o quanto “bonzinhos” pareçamos, o quanto certinhos pareçamos ser, ele irá nos atacar, e nos tentar a nos afastar de Deus.
Neemias 6.2 “Sambalate e Gesem mandaram dizer-me: Vem, e congreguemo-nos juntamente nas aldeias, no vale de Ono. Porém intentavam fazer-me mal”.
Tiago 4.7 “Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós”.
Mateus 4.1 “Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo”.
Efésios 6.11 “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo”.
1 Pedro 5.8 “Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar”.
4-NÃO DEVEMOS NOS PREOCUPAR COM OS INTENTOS DO DIABO Devemos nos preocupar com Deus, com Sua palavra, em vivermos uma vida santa, separada, longe do pecado. Devemos temer a Deus, buscar o temor do Senhor em nosso coração, que é o nojo e a repugnância do pecado. Este deve ser o nosso foco, esta deve ser a nossa preocupação.
Neemias 6.3 “E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?”.
Neemias estava focado na obra que lhe foi proposta, de reconstrução da cidade de Jerusalém, e não estava dando ênfase a seus inimigos.
Salmo 34.7 “O anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra”.
Salmo 127.1 “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela”.
5-NOSSO INIMIGO NÃO VAI DESISTIR TÃO FÁCIL Neemias 6.4 “E do mesmo modo enviaram a mim quatro vezes; e da mesma forma lhes respondi”.
Neemias 6.5 “Então Sambalate ainda pela quinta vez me enviou seu servo com uma carta aberta na sua mão;”.
A insistência do nosso inimigo, nosso adversário, é algo certo. Ele não vai desistir, por isso devemos viver a cada dia intensamente, basta a cada dia o seu mal.
Mateus 6.34 “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”.
6-NOSSO INIMIGO VAI TENTAR NOS DESENCORAJAR Neemias 6.9 “Porque todos eles procuravam atemorizar-nos, dizendo: As suas mãos largarão a obra, e não se efetuará. Agora, pois, ó Deus, fortalece as minhas mãos”.
Filipenses 1.28 “que em nada estais atemorizados pelos adversários, o que para eles é indício de perdição, mas para vós de salvação, e isso da parte de Deus”.
Atos 4.3 “Então eles, vendo a intrepidez de Pedro e João, e tendo percebido que eram homens iletrados e indoutos, se admiravam; e reconheciam que haviam estado com Jesus”.
Romanos 8.26 “Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis”.
7-NÃO PODEMOS DESISTIRNeemias 6.11 “Porém eu disse: Um homem como eu fugiria? E quem há, como eu, que entre no templo para que viva? De maneira nenhuma entrarei”.
Lucas 9.62 “Jesus, porém, lhe respondeu: Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de Deus”.
1 Pedro 1.14 “Como filhos obedientes, não vos conformeis às concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância”.
Provérbios 26.11 “Como o cão volta ao seu vômito, assim o insensato repete a sua insensatez”.
2 Corínitos 5.17 “Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas”.
CONCLUSÃO: sabemos, temos entendimento, compreendemos que estamos em uma guerra espiritual, onde o objetivo do nosso inimigo é de nos roubar, matar e destruir “O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente” João 10.10, mas Jesus veio para que tivéssemos vida, e vida com abundância. Este é o desejo de Deus, que venhamos a triunfar nesta luta, e vencer para naquele dia estarmos em pé diante Dele.

About these ads

4 Respostas to “O diabo não esta de brincadeira (Neemias 6 e Marcos 5.1-14)”

  1. lisneide lopes 13/12/2011 at 15:06 #

    Excelente estudo. Fui muito edificada!!!!

  2. larisse silva 05/07/2013 at 12:24 #

    realmente o diabo não esta de brincadeira ele vem apenas com um objetivo de roubar matar e destruir mais jesus vem com vida e vida em abundancia glória deus

  3. Teodoro sinche 07/03/2014 at 14:38 #

    para mi foi un examen ou una prova
    de conhecimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 151 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: